O trabalho coordenado do apostolado social da Ordem

social00 200Ordem dos Agostinianos Recoletos
Apostolado Social

 

O Conselho Geral da Ordem começa a sensibilização sobre a coordenação e reestruturação do Apostolado Social.

 

No dia 24 de janeiro de 2017, frei Antonio Carrón de la Torre, conselheiro geral da Ordem dos Agostinianos Recoletos encarregado da Comissão de Apostolado Social (CAS) do novo organograma de gestão e governo, fez uma primeira reunião de informação e sensibilização sobre o que diz o Projeto de Vida e Missão da Ordem dos Agostinianos Recoletos no que diz respeito ao serviço sócio-evangelizador.

 

social01 500

 

O Prior Geral, frei Miguel Miró, por sua parte, inclui desde já este tema em todas as reuniões que mantiver com as comissões de união das províncias. Esta primeira faze, contemplada no primeiro semestre de 2017, apresenta a conscientização e sensibilização com medidas oportunas para permitir a colaboração dentro da família agostiniana-recoleta.

 

Sabemos da necessidade do convencimento do caminho do apostolado social, dotar de recursos para que tudo saia do papel e chegue a concretizar os projetos e propostas delimitadas. O diálogo é importantíssimo para o bom andamento dos trabalhos.

 

social02 650

 

A mensagem de encerramento do conselheiro geral foi de otimismo: “Pelo que conheço, até agora, creio que estamos dando os passos certos, com diálogo e inclusão de muitas pessoas da família agostiniana-recoleta, grupos e instituições. Este projeto de coordenação e fortalecimento do apostolado social na Ordem é viável”.