Conheça o logo do 55º Capítulo Geral

  • Imprimir

55cap00 200Ordem dos Agostinianos Recoletos
Roma-Itália

 

Para o 55º Capítulo Geral foi desenhado um logo que representa a mesa ao redor da qual se constrói a comunidade, composta por corações de vidas compartilhadas na multiculturalidade.

 55cap01 650

Membros da Comissão Pré-capitular

 

“Toda nossa esperança está

na tua grande misericórdia”

 

 

55cap04 650

 

Para o 55º Capítulo Geral foi desenhado um logo que representa a mesa ao redor da qual se constrói a comunidade que está composta por corações (cada um dos irmãos que conformam a Ordem), por vidas compartilhadas e pela multiculturalidade (as cores). Trata-se, além disso, de corações abertos que necessitam do outro para se completar, que alcançam sua forma na união com o outro, com os outros. Corações que esperam em Deus como nosso centro e nossa meta; em quem colocamos nossa esperança e de quem, pela sua infinita misericórdia, recebemos tudo. Por outra parte, o lema do próximo Capítulo Geral, “Toda nossa esperança está na tua grande misericórdia”, é um extrato das Confissões de Santo Agostinho (Conf. 10, 29,40). O que é o Capítulo Geral? O Capítulo Geral é um tempo de graça, comunhão e discernimento, não só para os participantes no Capítulo, mas para todos os irmãos da Ordem.

 

55cap00 200O Capítulo é uma oportunidade para sentir como própria a vida e missão da Ordem. Necessitamos dialogar: escutar e falar com franqueza. Não somos uma empresa, mas uma comunidade de irmãos. Os trabalhos deste Capítulo Geral estão fundamentados nas palavras do Papa Francisco na sua Carta Apostólica aos consagrados por ocasião do Ano da Vida Consagrada: “Os nossos serviços, as nossas obras, a nossa presença, correspondem àquilo que o Espírito pediu aos nossos fundadores, sendo adequados para encalçar sua finalidade na sociedade e na Igreja atual? Há algo que devemos mudar? Temos a mesma paixão pelo nosso povo, solidarizamo-nos com ele até o ponto de partilhar as suas alegrias e sofrimentos, a fim de podermos compreender verdadeiramente as suas necessidades e contribuir com a nossa parte para lhes dar resposta?” (Cf. o texto da Carta editado pelas Paulinas, p. 11) 

 

Fonte: Site da Ordem
Edição: Frei Mason